Assembleia Geral da Inter-Parliamentary Union

Assembleia Geral da Inter-Parliamentary Union

“Ending AIDS through sexual and reproductive health: The need for urgent paliamentary action”

Foi este o mote da sessão da última Assembleia Geral da Inter-Parliamentary Union em que tive o privilégio de participar a convite do Secretário Geral, em São Petersburgo, Rússia.

A Inter-Parliamentary Union (IUP) é uma organização internacional, composta por representantes dos parlamentos dos chamados Estados soberanos. Foi criada em 1889, em Paris, com o objetivo de promover a democracia e a paz mundial, sendo que, nos primeiros anos de existência da organização, algumas das principais personalidades da IUP foram premiadas com o Nobel da Paz 8 vezes.

Saber mais

Intervenção no Debate com o Ministro da Saúde no Parlamento

Intervenção no Debate com o Ministro da Saúde no Parlamento

Tive oportunidade de intervir no último debate com o Ministro da Saúde, que aconteceu no Parlamento, no dia 23 de Fevereiro.

“O Senhor Ministro da saúde não manda no SNS. Hoje é o Ministro das Finanças que manda na saúde dos Portugueses.”

Partilho abaixo o debate, onde anunciei que o Grupo Parlamentar do PSD decidiu chamar o Ministro das Finanças, Mário Centeno, à Comissão de Saúde para que explique aos portugueses as razões para os sucessivos bloqueios que tem feito ao Serviço Nacional da Saúde.

Luta contra o VIH/SIDA em São Petersburgo

Luta contra o VIH/SIDA em São Petersburgo

Na véspera da última Assembleia Geral da Inter-Parliamentary Union, uma organização global composta pelos parlamentos de vários Estados, em São Petersburgo na Rússia tive a oportunidade de visitar uma clínica de VIH/SIDA e um posto móvel de diagnóstico rápido localizados num dos subúrbios da cidade – iniciativas apoiadas pela AHF Россия, que desde 2009 tem vindo a ter um papel bastante ativo no aumento do acesso aos testes para o VIH/SIDA, melhoria dos cuidados médicos disponíveis e na defesa dos direitos dos doentes.

A luta contra a epidemia VIH continua, seja onde for.

Saber mais

“Estratégia para legalização segura e responsável da cannabis em Portugal”

“Estratégia para legalização segura e responsável da cannabis em Portugal”

 

TVI 24| André Brandão de Almeida, a quem agradeço o apoio, é o primeiro subscritor da proposta temática “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”, que apresentei no 37º Congresso Nacional do PSD e que foi aprovada pela maioria.  Cabe agora ao Partido Social Democrata liderar o debate na sociedade civil e na Assembleia da República.

Partilho, por isso, o vídeo do comentário que o André Brandão de Almeida deu à jornalista Joana Reis da TVI24 no âmbito do seu apoio a esta proposta. Agradecemos a confiança que os Delegados do 37º Congresso Nacional depositaram na nossa proposta.

“Aprovada com maioria e aplausos proposta de legalização da cannabis”

“Aprovada com maioria e aplausos proposta de legalização da cannabis”

Jornal de Notícias | Foi aprovada por maioria a proposta temática “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal” no 37º Congresso Nacional do Partido Social Democrata

Agradecemos a confiança que todos os Delegados do Congresso depositaram na nossa proposta temática.

Cabe agora ao PSD liderar este debate na sociedade e na Assembleia da República.

Ler notícia completa

Apresentação da “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”

Apresentação da “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”

Decorreu nos dias 16 a 18 de Fevereiro o 37º Congresso do Partido Social Democrata onde apresentei a proposta temática “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”, que desenvolvi com base num artigo científico, que escrevi em conjunto com a Lisa Ploeg, publicado na revista Acta Médica.

Esta proposta tem como meta a legalização regulamentada do uso de cannabis em Portugal que, se implementada, poderá ser capaz de dissuadir os consumos, combater mais eficazmente o tráficos de drogas, prevenir e tratar melhor as dependências e incrementar a educação e segurança de todos.

Defendemos uma regulamentação forte de toda a cadeira de valor, desde a produção à distribuição e à venda. Além disso, defendemos que a concentração do THC, o princípio ativo da cannabis, deve ser limitado de forma a reduzir riscos relacionados com a saúde mental dos consumidores e a venda deve ser apenas possível a pessoa com idade superior a 21 anos e registada numa base de dados centralizada e realizada em farmácias comunitárias para garantir o controlo do processo de venda e da qualidade, sendo que o preço de venda deve ser equiparado ao preço de venda no mercado ilegal.

Reunião Digital Health Society

Reunião Digital Health Society

Na sequência da minha colaboração como membro da “Digital Health Task Force” da presidência europeia da Estónia, tive o privilégio de participar numa reunião de trabalho em Bruxelas da “Digital Health Society” (em colaboração com a European Connected Health Alliance) que irá prosseguir o nosso trabalho de encontrar soluções inovadoras para a integração de tecnologias ao serviço da saúde dos cidadãos.

24as Jornadas de Pediatria no Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE

24as Jornadas de Pediatria no Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE

Foi a convite da Dra. Celeste Barreto que tive o privilégio de realizar a intervenção de abertura das 24as Jornadas de Pediatria no Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE sobre “Tecnologias ao Serviço da Saúde”.

Sessão moderada pelo presidente do CHLN, Dr. Carlos Martins.

“Hoje no Bairro Alto ninguém sente que canábis é ilegal”

“Hoje no Bairro Alto ninguém sente que canábis é ilegal”

SOL | A propósito da proposta temática “LEGALIZE” – Estratégia para a Legalização Responsável do Uso de Cannabis em Portugal – que apresentarei juntamente com o Dr. André de Almeida, médico dentista e ex-deputado do PSD, no Congresso deste partido, que se realiza nos próximos dias 16, 17 e 18 de Fevereiro, dei uma entrevista à jornalista Marta Reis do jornal SOL.

Durante a entrevista pude abordar os diferentes tópicos contemplados na proposta: desde o estudo publicado revista científica da Ordem dos Médicos que serviu de base à elaboração da proposta, requisitos para ter acesso à cannabis, pontos e preço de venda, debate no parlamento,  segurança, entre outros tópicos.

Ler entrevista completa

 

Proposta Temática: “LEGALIZE” Estratégia para a Legalização Responsável do Uso de Cannabis em Portugal

Proposta Temática: “LEGALIZE” Estratégia para a Legalização Responsável do Uso de Cannabis em Portugal

No próximo Congresso do PSD, que decorre entre os dias 16 e 18 de Fevereiro, irei apresentar juntamente com André de Almeida, médico e deputado do PSD, a proposta temática: “LEGALIZE” Estratégia para a Legalização Responsável do Uso de Cannabis em Portugal.

Esta proposta, elaborada com base no artigo científico que redigi, em conjunto com a Lisa Ploeg para a Acta Médica Portuguesa, revista da Ordem dos Médicos, tem como principal objetivo fornecer um dados concretos para uma decisão informada sobre a eventual legalização da cannabis em Portugal.

Consultar a proposta completa