Intervenção no Debate sobre o Orçamento do Estado de 2019

No debate sobre o Orçamento de Estado para 2019 comecei por destacar uma das principais preocupações do país: A situação incompreensível da Ala Pediátrica do Hospital de São João. Em Novembro de 2017 o Governo anunciou que as verbas para a construção da nova ala já tinham sido atribuídas ao hospital e que aguardavam apenas autorização das Finanças. No entanto, até hoje, as obras nem sequer começaram e agora a nova Ministra da Saúde, quando questionada sobre a ala pediátrica, afirmou que não se compromete com datas.

Tudo isto só vem demonstrar que a construção da nova Ala Pediátrica do Hospital de São nunca foi uma intenção séria deste Governo.

Portugal está na cauda dos países da OCDE, com este Orçamento a saúde merecerá um investimento de apenas 5,2% do PIB, quando a média da OCDE é de 6,5%.

Pior, quando comparamos o investimento na saúde com as restantes áreas de governação, a situação torna-se ainda mais incompreensível: a Despesa Pública Global sobe 3,3% contra a subida de apenas 2,3% na Despesa Pública da Saúde.

Uma coisa é certa: A Saúde não é uma prioridade para este Governo.