Intervenção na Audição do Ministro na Comissão de Saúde

No dia 18 de Abril, tive oportunidade de fazer umas perguntas incómodas ao Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, sobre tudo o que está acontecer, sem que nada aconteça: faltam médicos e enfermeiros, estão quase contratados; défice de camas de cuidados continuados, estão quase disponíveis; os prémios para reduzir listas de espera, estão quase.

Esta inércia deve-se, sem dúvida, à má gestão do Governo e à inoperância que este Ministério da Saúde tem tido perante o Serviço Nacional de Saúde.