Relatório: “Road to Elimination: Barriers and Best Practices in Hepatitis C Management”

Tive o privilégio de, juntamente com Jeff Lazarus e Charles Gore, fazer parte da equipa de peritos responsável pela elaboração do mais recente relatório da Boston Consulting Group (BCG) sobre políticas de eliminação da hepatite C.

Este relatório está enquadrado na estratégia global para a eliminação das Hepatites B e C enquanto problema de saúde pública até 2030, lançada pela Organização Mundial de Saúde em Maio de 2016. Esta iniciativa pretende reduzir em 90% a incidência da doença e diminuir em 65% os níveis de mortalidade registados em 2015. Tendo em vista o alcance desta meta global, a delegação europeia da OMS estabeleceu objetivos ambiciosos a atingir até 2020 como, por exemplo, garantir que 50% das pessoas que padecem de hepatite C crónica estão diagnosticadas e conscientes da sua condição e que, pelo menos, 75% dos indivíduos diagnosticados tenham acesso ao tratamento, fazendo da prevenção, tratamento e cuidados de saúde a sua principal prioridade.

Para a elaboração do relatório, entre Novembro de 2016 e Março de 2017, foram analisados 11 países, tendo por base a identificação de casos de sucessos e das barreiras existentes nas seguintes áreas:

  • Consciencialização e prevenção da doença;
  • Exames e diagnóstico;
  • Acesso a cuidados e serviços de saúde qualificados;
  • Acesso ao tratamento;
  • Monotorização e avaliação.

Em todos os países analisados existem barreiras a ultrapassar para a eliminação da Hepatite C, bem como, práticas de sucesso que podem ser adoptadas por outros países que se podem revelar essenciais para o alcance da meta global definida pela OMS até 2030.

Ver relatório completo