“Edição da Manhã”, SIC

“Edição da Manhã”, SIC

No passado dia 20 de Julho, tive o prazer de participar numa agradável conversa na “Edição da Manhã”, da SIC, sobre a hepatite c e o modelo “Let’s End HepC”.

Portugal tem tido um grande avanço em relação a esta doença que surgiu há quase 30 anos e cuja cura foi descoberta em 2014/15. O nosso país foi um dos primeiros a permitir o acesso universal ao tratamento.

Já temos a cura… O que falta então para eliminar de uma vez por todas esta doença? É preciso olhar para as políticas: prevenção, diagnóstico, acesso ao tratamento e perceber o que falta, pois de acordo com as políticas actuais de Portugal, ainda não estamos a fazer o suficiente para eliminar a hepatite c até 2030.

Na Universidade Católica desenvolvemos a plataforma “Let’s End HepC” – um modelo matemático capaz de avaliar o impacto real das políticas de saúde pública, a nível mundial, na eliminação da hepatite c.

Em Portugal, cerca de 10 mil pessoas já foram curadas e mais 10 mil já foram diagnosticadas (encontrando-se em tratamento ou à espera do mesmo). De acordo com as estimativas, ainda nos faltam diagnosticar entre 30 a 50 mil pessoas que vivem infetadas pelo vírus da hepatite c sem o saber. Urge testar e diagnosticar.

Sabemos o que tem de ser feito para eliminar a hepatite c. Vamos a isso!

Veja a entrevista completa aqui

“Fast Track Cities” – Cidades na via rápida para eliminar o VIH

“Fast Track Cities” – Cidades na via rápida para eliminar o VIH

SIC | A propósito da iniciativa “Fast Track Cities” estive no programa Edição da Manhã, da SIC, enquanto Vereador da Câmara Municipal de Cascais para dar a conhecer o projeto e as medidas que este prevê.

Esta iniciativa foi lançada no Dia Mundial da SIDA, em 2014, em Paris, onde vereadores de 27 cidades de mais de 50 países se reuniram para assinar a Declaração de Paris comprometendo-se a acelerar e intensificar as suas respostas locais. Por cá, o protocolo foi assinado por Lisboa, Porto e Cascais no dia 29 de Maio de 2017, numa cerimónia que contou com a presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo.

Ver entrevista