“Estratégia para legalização segura e responsável da cannabis em Portugal”

“Estratégia para legalização segura e responsável da cannabis em Portugal”

 

TVI 24| André Brandão de Almeida, a quem agradeço o apoio, é o primeiro subscritor da proposta temática “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”, que apresentei no 37º Congresso Nacional do PSD e que foi aprovada pela maioria.  Cabe agora ao Partido Social Democrata liderar o debate na sociedade civil e na Assembleia da República.

Partilho, por isso, o vídeo do comentário que o André Brandão de Almeida deu à jornalista Joana Reis da TVI24 no âmbito do seu apoio a esta proposta. Agradecemos a confiança que os Delegados do 37º Congresso Nacional depositaram na nossa proposta.

Apresentação da “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”

Apresentação da “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”

Decorreu nos dias 16 a 18 de Fevereiro o 37º Congresso do Partido Social Democrata onde apresentei a proposta temática “Legalize – Estratégia para a Legalização Segura e Responsável da Cannabis em Portugal”, que desenvolvi com base num artigo científico, que escrevi em conjunto com a Lisa Ploeg, publicado na revista Acta Médica.

Esta proposta tem como meta a legalização regulamentada do uso de cannabis em Portugal que, se implementada, poderá ser capaz de dissuadir os consumos, combater mais eficazmente o tráficos de drogas, prevenir e tratar melhor as dependências e incrementar a educação e segurança de todos.

Defendemos uma regulamentação forte de toda a cadeira de valor, desde a produção à distribuição e à venda. Além disso, defendemos que a concentração do THC, o princípio ativo da cannabis, deve ser limitado de forma a reduzir riscos relacionados com a saúde mental dos consumidores e a venda deve ser apenas possível a pessoa com idade superior a 21 anos e registada numa base de dados centralizada e realizada em farmácias comunitárias para garantir o controlo do processo de venda e da qualidade, sendo que o preço de venda deve ser equiparado ao preço de venda no mercado ilegal.

Legalização Segura e Responsável da Cannabis

Legalização Segura e Responsável da Cannabis

Público | A propósito da nossa proposta “Legalização Segura e Responsável da Cannabis”, dei uma breve entrevista à jornalista Ana Maia, do Público.

Acreditamos na ciência que está subjacente ao texto e nas soluções apresentadas e agradeço ao André Brandão de Almeida por todo o apoio e por ser o primeiro subscritor da proposta temática que apresentaremos no próximo congresso do Partido Social Democrata, que se realiza nos próximos dias 16, 17 e 18 de Fevereiro.

Agradeço igualmente à Lisa Ploeg com quem fui co-autor do artigo da Acta Médica Portuguesa, intitulado “O Caminho para a Legalização Responsável e Segura do Uso de Cannabis em Portugal” que serviu de base para a construção da proposta temática. Que o debate comece!

Ler entrevista completa