Eliminar as Hepatites Virais | Qatar

Eliminar as Hepatites Virais | Qatar

A convite da Qatar Foundation tive o privilégio de colaborar na elaboração do relatório “Eliminating Viral Hepatitis: The Investment Case” que foi apresentado esta semana em Doha no World Innovation Summit for Health (WISH).

Fica patente que a eliminação das hepatites virais é possível e apresentamos os argumentos económicos assim como soluções para a sua concretização. O relatório inclui ainda referência ao projeto ‘Let’s End Hep C’ da Universidade Católica Portuguesa.

Saber mais

11ªs Jornadas De Atualização Em Doenças Infeciosas

11ªs Jornadas De Atualização Em Doenças Infeciosas

As 11ªs Jornadas de Atualização em Doenças Infeciosas do Hospital Curry Cabral, decorreram entre os dias 25 e 26 de Janeiro, na Culturgest, onde foram discutidas temas como a Terapêutica Antirretroviríca, a Medicina do Viajante, as Hepatites Víricas, os Antibióticos, a Infeção por VIH/SIDA, a Tuberculose e as Infeções Emergentes.

Foi com gosto que aceitei o honroso convite do Professor Fernando Maltez para participar em mais um importante debate sobre o que ainda nos falta fazer enquanto país no combate às hepatites virais, particularmente o VHC.

A eliminação da Hepatite C é possível, mas exige determinação e vontade política.

Saber mais

Mais de 5 mil tratamentos autorizados para a hepatite C estão por iniciar

Mais de 5 mil tratamentos autorizados para a hepatite C estão por iniciar

Público | “Desde Fevereiro de 2015 até ao final de Outubro deste ano, o Ministério da Saúde autorizou 18.045 tratamentos para a doença. Mas até 8 de Novembro só 12.380 tinham sido iniciados. Directora do Programa para as Hepatites Víricas nega atrasos e justifica diferença com a entrada constante de novos doentes e questões de agendamento médico.”

Fui entrevistado pelo jornal Público, no âmbito da temática da Hepatite C e do lançamento da plataforma online Let’s End HepC, desenvolvida pela Universidade Católica Portuguesa, que envolve Portugal, Bulgária, Inglaterra, Alemanha, Roménia e Espanha, da qual sou coordenador.

Esta ferramenta permite avaliar qual o impacto das políticas actuais na concretização do objectivo da Organização Mundial de Saúde de eliminar a hepatite C até 2030. A plataforma reúne 24 eleitas por um conjunto de peritos que permite chegar a esta meta, tendo-se já chegado à conclusão de que com as políticas atualmente implementadas no nosso país não vamos conseguir atingir a meta da eliminação desta doença.

Ler notícia completa