SIDA, Tuberculose e Hepatites em Debate no European Health Forum Gastein

SIDA, Tuberculose e Hepatites em Debate no European Health Forum Gastein

“Alcançaremos as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para a saúde até 2030? – Acções necessárias para acabar com o SIDA e a tuberculose e combater as hepatites na UE.”

Foi este o mote de um interessante debate, promovido pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças – ECDC, que decorreu no European Health Forum Gastein e onde tive o privilégio de participar.

 

Saber mais

Quadro estratégico da UE para VIH, Hepatites e Tuberculose

Quadro estratégico da UE para VIH, Hepatites e Tuberculose

SIC Notícias | Estive no programa Edição da Manhã da SIC para falar sobre o desafio que o Parlamento Europeu lançou à Comissão Europeia e aos Estados-Membros para que desenvolvam um quadro estratégico abrangente da União Europeia sobre o VIH e SIDA, tuberculose e hepatites virais. Portugal continua sem um plano de acção de combate às hepatites virais, nomeadamente no campo da prevenção e diagnóstico.

Mais, continuamos sem acesso a medicamentos inovadores já disponíveis na maioria dos países europeus, que melhoram a qualidade de vida de quem vive com VIH, para além de reduzirem os custos imediatos e futuros no combate à epidemia.

Pela primeira vez, os parlamentares os europeus reconheceram que estas três epidemias estão ligadas: combatendo uma, estamos também a combater as outras. Este é um passo importante para a erradicação destas epidemias enquanto ameaças de saúde pública até 2030.

Para que esta erradicação seja possível é, também, fundamental a implementação de um plano de ação conjunto que trabalhe desde a prevenção, ao diagnóstico e ao acesso aos cuidados de saúde e tratamento. Não basta tratar a doença, é também necessário impedir que existam novas infeções.

Ver entrevista