World Health Summit 2018

World Health Summit 2018

O World Health Summit 2018, que assinalou também os 10 anos de realização deste encontro, decorreu entre 14 e 16 de Outubro em Berlim, na Alemanha, e focou-se essencialmente no desenvolvimento de um plano de ação global, apresentado pelo Diretor Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, capaz de acelerar o cumprimento das metas relacionadas com a saúde definidas pela Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Durante a cimeira, onze das principais organizações de saúde e desenvolvimento do mundo comprometeram-se a encontrar novas maneiras de trabalhar em conjunto para alcançar todos os objetivos definidas.

Como criar valor em saúde? Quais as mudanças necessárias para que os sistemas de saúde passem a incentivar os ganhos em saúde da população? Foram algumas das questões interessantes que estiverem em discussão no painel em que participei este ano no World Health Summit.

Saber mais

Juramento Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Juramento Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Todos os Cascalenses estão desafiados a fazerem este juramento e caminhada connosco, para que ninguém fique para trás. Em Cascais, tudo começa nas Pessoas.

Convido-vos, por isso, a assistir ao vídeo do juramento e a aceitarem também este desafio.

Apresentação do Projeto Cascais 2030

Apresentação do Projeto Cascais 2030

Na apresentação do projeto Cascais 2030, onde a Câmara Municipal de Cascais se compromete a cumprir os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas, o presidente da Câmara, Carlos Carreiras, assegurou que o município está em condições de assumir este desafio e está fortemente empenhado em implementar todos os objetivos definidos e, com isso, contribuir para a proteção e melhoria da qualidade de vida das pessoas e do Planeta.

“São 17 os objetivos propostos pelas Nações Unidas, e nós somos o primeiro município em Portugal a assumir esse compromisso. Um compromiso é também um risco, mas acredito que estamos em boas condições, com o envolvimento de toda a comunidade em Cascais, numa lógica colaborativa, de poder cumprir esses mesmos objetivos”, afirmou o presidente Carlos Carreiras durante a apresentação do projeto que decorreu no Centro Cultural de Cascais.

Na apresentação esteve também presente a embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População, Catarina Furtado que relembrou a importância do cumprimento das metas estabelecidas “basicamente, é preciso ter convicção e um coração que palpite pela defesa dos direitos humanos, das pessoas sem voz, principalmente das mulheres e das jovens raparigas, com a intenção de que ninguém fique esquecido”.

Os objetivos de Desenvolvimento Sustentável assumidos agora pelo concelho são na realidade são objetivos globais, que envolvem os países, as regiões, os municípios e as pessoas, sendo por isso fundamental a participação ativa de todos.

Saber mais

Portal #Cascais2030

Portal #Cascais2030

No passado dia 21 de Setembro, a Câmara Municipal de Cascais apresentou  o projeto #Cascais2030 através do qual se compromete publicamente com os princípios das Nações Unidas e a trabalhar para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos por unanimidade pela Assembleia Geral das Nações Unidas em Setembro de 2015.

Os ODS são fundamentais para a realização de uma Estratégia Local capaz de melhorar a qualidade de vida das comunidades locais através do alcance de metas globais como a erradicação da pobreza, a justiça e igualdade para todos e a luta contra as alterações climáticas.

Trata-se, então, de um plano a 15 anos, um compromisso para com a Agenda 2030, onde os governos locais são os principais motores da mudança, estando no melhor nível para estabelecer metas globais junto das comunidades locais.

O alcance destas metas estabelece-se como um desafio para o qual é indispensável a existência de uma pareceria global alargada com a participação ativa de todos os cidadãos, empresas, instituições da sociedade civil, estabelecimentos de ensino, meios de comunicação social e as Organização das Nações Unidas.

O Portal Cascais 2030 já está disponível no site da Câmara Municipal de Cascais onde pode ser consultado o relatório base de todo o projeto e os índices base para cada um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Aqui estão também disponíveis as boas práticas e um espaço onde todos os munícipes possam dar o seu contributo.

Todos os Cascalenses estão desafiados a fazerem este juramento e caminhada connosco, para que ninguém fique para trás. Em Cascais, tudo começa nas Pessoas!

Consultar relatório base Cascais 2030 

Relatório: “Road to Elimination: Barriers and Best Practices in Hepatitis C Management”

Relatório: “Road to Elimination: Barriers and Best Practices in Hepatitis C Management”

Tive o privilégio de, juntamente com Jeff Lazarus e Charles Gore, fazer parte da equipa de peritos responsável pela elaboração do mais recente relatório da Boston Consulting Group (BCG) sobre políticas de eliminação da hepatite C.

Este relatório está enquadrado na estratégia global para a eliminação das Hepatites B e C enquanto problema de saúde pública até 2030, lançada pela Organização Mundial de Saúde em Maio de 2016. Esta iniciativa pretende reduzir em 90% a incidência da doença e diminuir em 65% os níveis de mortalidade registados em 2015. Tendo em vista o alcance desta meta global, a delegação europeia da OMS estabeleceu objetivos ambiciosos a atingir até 2020 como, por exemplo, garantir que 50% das pessoas que padecem de hepatite C crónica estão diagnosticadas e conscientes da sua condição e que, pelo menos, 75% dos indivíduos diagnosticados tenham acesso ao tratamento, fazendo da prevenção, tratamento e cuidados de saúde a sua principal prioridade.

Para a elaboração do relatório, entre Novembro de 2016 e Março de 2017, foram analisados 11 países, tendo por base a identificação de casos de sucessos e das barreiras existentes nas seguintes áreas:

  • Consciencialização e prevenção da doença;
  • Exames e diagnóstico;
  • Acesso a cuidados e serviços de saúde qualificados;
  • Acesso ao tratamento;
  • Monotorização e avaliação.

Em todos os países analisados existem barreiras a ultrapassar para a eliminação da Hepatite C, bem como, práticas de sucesso que podem ser adoptadas por outros países que se podem revelar essenciais para o alcance da meta global definida pela OMS até 2030.

Ver relatório completo

Conferência The European Response to Chronic Diseases – The Role of Civil Society

Conferência The European Response to Chronic Diseases – The Role of Civil Society

No final de 2016, tive a honra de participar como orador na conferência “The European Response to Chronic  Diseases – the Role of Civil Society”, organizada em parceria pela European Chronic Disease Alliance (ECDA) e pela NCD Alliance, duas organizações que englobam mais de uma dezena de associações de pessoas que vivem com doenças crónicas, e com o apoio da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Nesta conferência, que decorreu em Bruxelas, foi-me pedido para falar sobre “Tendências Futuras dos Sistemas de Saúde”.

Saber mais

Tratar a depressão

Tratar a depressão

CM TV | “Depressão. Vamos Falar.” Foi o tema escolhido pelo Organização Mundial de Saúde para o Dia Mundial da Saúde 2017.  Neste dia, vamos acabar com o estigma na depressão, Uma doença que afeta mais de 300 milhões de pessoas.

Obrigado Manhã CM pelo convite para falarmos sobre a saúde mental no nosso país.

Ver vídeo